Bênçãos em forma de Scraps

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Santidade


 “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”
Hebreus 12.14  

Há santidade a ser conquistada por nós aqui mesmo na Terra. Deus não nos mandaria sermos santos se não houvesse a possibilidade desta característica divina em nós.
Santidade é um assunto que achamos que não diz respeito a nós porque pensamos: “nesse mundo não há ninguém que seja santo; eu não sou santo e ninguém é santo”, no entanto, esse é um pensamento equivocado. Vejamos bem, se Deus diz: “Sejam santos porque eu, o Senhor, o Deus de vocês, sou santo” (Levítico 19:2b), é porque existe a possibilidade de sermos santos aqui mesmo na Terra, Ele não diz que: quando vocês chegarem ao céu, vocês serão santos, não, Ele diz sim: sejam santos. E certo também, que só iremos para o céu se nos revestirmos de santidade, mas, ela só é conquistada em vida. “A fim de que seja o vosso coração confirmado em santidade, isento de culpa, na presença de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus, com todos os seus santos”. (I Tessalonicenses 3.13). 
Para que isso aconteça, precisamos desejar e buscar, do contrário, nunca alcançaremos a santificação. Deus não mente (Nm 23:19) e não nos mandaria sermos santos se não conseguíssemos chegar à ela, digo novamente “mandaria” porque é um mandamento do Senhor. Contudo, se acharmos que, para sermos santos precisaremos estar revestidos de uma auréola, nós estaremos realmente esperando por algo que nunca vai acontecer. Jesus quando esteve aqui na terra foi homem, mas também foi santo, foi bênção, abençoando a muitos. Deus espera que sejamos seus imitadores em todas as coisas (I Co 11:1), tanto no caráter como também em obras. Uma das características mais marcantes de Jesus foi a de ser um homem abençoador; nós também podemos como Jesus ser uma pessoa abençoadora, amando o nosso próximo como a nós mesmos, pois, conforme o que Ele nos ensina, é preciso amar as pessoas e perdoar-lhes os pecados assim como Ele nos perdoou (oração do Pai Nosso). Além disso, ajudar e fazer o que estiver ao nosso alcance. O amor é um dos atributos concernentes a Deus. Deus é santo, Deus é abençoador, Deus é amor. Sem santidade, ninguém verá a Deus (verso em destaque), em outras palavras, uma pessoa deve ser santa, deve haver nela esse atributo. A santidade nos ajuda a sermos uma bênção, pois as duas caminham juntas, bênção e santidade. A santidade não nos beneficia somente a nós, mas também, ao nosso próximo. Ora, mas o que é santidade e o que é ser uma bênção? Santidade é ter uma vida consagrada a Deus em temor, é ter comunhão diária com Deus em oração, adoração, louvor, devoção, ter um coração quebrantado e obediente, e acima de tudo, buscar o conhecimento e a sabedoria de Deus em Sua palavra, pois a Sua palavra nos remete a verdade e com ela podemos ser libertos e purificados de todo mal. Jesus disse isso em João 17:17. Aliás, na oração sacerdotal em João 17:15-20, Jesus fala com Deus sobre estarmos no mundo e não sermos do mundo e fala também sobre santidade. Ele diz: “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade”. (João 17:17). ...”Para que eles também sejam santificados na verdade”. (João 17:19). E fala ainda sobre nós, contemporâneos deste século, Ele diz: “Eu não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela Sua palavra hão de crer em mim”. (João 17:20).
Ter santidade não significa que nunca poderemos vir a pecar, pois quem diz que não tem pecado é mentiroso, diz a palavra de Deus em I João 1:10. Todavia, a pessoa não pode viver uma vida na prática do pecado, o que quero dizer é que todos nós estamos sujeitos a ele (o pecado), pois estamos no mundo e o mundo jaz no maligno (I João 5:19), porém, não devemos ter um coração ou pensamentos voltados a esta prática, pois Jesus Cristo já nos libertou de todos os nossos pecados quando morreu por nós lá na cruz (I Pe 2:24). Mas, quando houver em nós alguma coisa que nos tente a pecar, coloquemos isso diante de Deus, as nossas falhas e fraquezas apresentemo-las a Ele em oração e pesamos perdão, pois Ele é fiel e justo para nos perdoar e nos purificar (I João 1:9), pois somos sabedores de que, o salário do pecado é a morte eterna (Rm 6:23).
Se seguirmos a Sua palavra, ela nos aproximará mais Dele mesmo e conseqüentemente ficaremos mais sensíveis àquilo que Ele deseja quanto à direção de nossas vidas e quanto à nossa purificação. A santidade nos leva a galgarmos patamares altos, espiritualmente falando, pois, como já disse, é ela que nos aproxima cada dia mais e mais de Deus e das coisas relativas ao Seu reino. Buscando a santidade com perseverança a encontraremos se não desfalecermos em nossa busca. Encontrando-a, não nos cansemos em procurar aperfeiçoá-la, visto que, a santificação é um processo a ser conquistado todos os dias pelo resto de nossas vidas. Vigiar nisso é imprescindível, porque a palavra de Deus nos admoesta: aquele que pensa estar em pé cuida para que não caia (I Co 10:12). Uma vez que a conquistamos, é possível também estarmos suscetíveis a perdê-la se não estivermos vigilantes, porém, se procedermos desta maneira, diligentemente guardando-a e aperfeiçoando-a, em nós mesmos, certamente, conheceremos a verdade e ela mesma nos libertará (João 8:32). Então, Seu amor e sua benevolência serão o nosso guia.
Quanto a ser uma bênção, bem, pode ser um fruto da busca constante da santidade em nós, pois quando somos santos as bênçãos de Deus nos alcançam, não precisamos ir ao seu encontro, elas nos alcançam (Dt 28:2) até enquanto dormimos (Sal 127:2). Nisso, queremos que ela cresça em nós e de nós para os outros em amor. Ser uma bênção é semear o amor que recebemos de Jesus por todos os lugares por onde formos e o termo como nosso maior exemplo e referência. Mais uma vez reafirmo, Jesus nos ensinou em sua oração sacerdotal que estando nós no mundo, não pertencemos ao mundo, embora vivamos nele. Na verdade se somos de Jesus, somos cidadãos do céu e embaixadores do seu reino aqui na Terra. Onde houver trevas, se levarmos a Sua luz, ela brilhará e resplandecerá através de nós e o nome de Deus será glorificado através das nossas obras (Mt 5:16). Se formos obedientes a santa palavra de Deus, estaremos cumprindo o que o próprio Deus disse a Abraão lá no princípio: “Seja você uma benção” (Gêneses 12:2), “Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus”. (II Corinthios 7.1).
Reflita querido ouvinte leitor: Você já iniciou o seu processo de santificação? Já rogou ao Pai que o sustente e o livre de cair em tentação? E nesse seu processo de santificação, alguém já foi beneficiado por isto? Você tem procurado se aperfeiçoar em santidade? Se você ainda não conseguiu querido ouvinte, ou se tem protelado esse processo, não se sinta constrangido... Volte-se para Deus e Ele se voltará para você, sempre há tempo para um começo ou quem sabe, para um recomeço. Busque em Deus que tem a reconciliação para todas as coisas e Ele não o rejeitará.

Um grande beijo
No amor e na paz do Senhor
Iraluz

Versículos para meditação:
Ex 15.13 Com a tua beneficência guiaste o povo que salvaste; com a tua força o levaste à habitação da tua santidade.

Dt 28.2 Se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, virão sobre ti e te alcançarão todas estas bênçãos.

Sl 29.2 Tributai ao SENHOR a glória devida ao seu nome, adorai o SENHOR na beleza da santidade.
Sl 96.9  Adorai o SENHOR na beleza da sua santidade; tremei diante dele, todas as terras.

Lc 1.75 Em santidade e justiça perante ele, todos os nossos dias.

Rm 1.4 E foi designado Filho de Deus com poder, segundo o espírito de santidade pela ressurreição dos mortos, a saber, Jesus Cristo, nosso Senhor,

I Co 10.13 Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.

Ef 1.3-4 Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo, assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor

I Pe 2.24 Carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados.

Nenhum comentário:

Louvando a Deus

Loading...

Jesus é a nossa Luz e a nossa Salvação

A Verdade Libertadora - João 8:36


by Iraluz

Copie o código e cole no seu blog ou site


by Iraluz in Luz que acende nas trevas